10 dicas sobre como comercializar com sucesso seus produtos online:

Priscilla Muhiu é chefe de desenvolvimento de negócios e marketing da OLX East Africa no OLX, um mercado on-line global.

No Quênia, a plataforma é usada principalmente por pequenas e médias empresas (PMEs), com mais de 100.000 usuários vendendo na plataforma.

Muhiu dá dicas a Jacqueline Mahugu sobre como você pode ter sucesso na publicidade online.

Aperte no vídeo

1. Aprenda seu público-alvo

Saiba quem é seu cliente primeiro. Faça sua pesquisa. Veja onde estão, as plataformas que visitam e os pontos fortes dessas plataformas. Por exemplo, o público do Twitter é muito diferente do público do Instagram. O Instagram, por exemplo, é muito bom para um negócio de moda, porque as pessoas que vão lá são fashionistas.

2. Certifique-se de que seu produto é relevante

Você precisa saber o que as pessoas estão procurando. Por exemplo, se os seus consumidores são sensíveis ao preço e você tem produtos com preços altos, isso não fará sentido. Seu produto precisa ser relevante para as pessoas com quem você está falando.
3. Entenda sua proposição de valor

Por que você? Por que um consumidor deve optar por seu produto em particular e não por seus concorrentes? O que é tão único sobre isso? Você tem que ser claro para o consumidor sobre a proposta de valor do seu produto.

Aperte na imagem

4. Uma imagem vale mais que mil palavras

Os visuais do seu anúncio são cruciais. Você precisa mostrar. Concentre-se em mostrar amostras de seus produtos, porque no final do dia eles vão conhecer o seu negócio, comprando coisas de você. As pessoas não compram sua empresa, elas compram o que você está vendendo.

Na OLX sempre enfatizamos o que nos referimos como qualidade de conteúdo e estamos muito interessados ​​em fotografias. Sempre recomendamos que as pessoas tirem pelo menos quatro fotos do item que estão vendendo em nossa plataforma.

Nossos dados mostram que pessoas que têm mais de quatro fotografias do item aumentam suas chances de vender cinco vezes, em comparação com pessoas com menos fotos ou nenhuma.

5. Mostrar, mas também dizer

Ao descrever seu produto, seja cristalino. Descreva-o muito bem. Certifique-se de motivar a pessoa que está vendo o anúncio a comprar seu produto. Agarre a atenção deles.

Este princípio aplica-se a qualquer situação comercial. Mesmo em Gikomba, a pessoa que grita mais alto e tem o melhor preço é quem vende mais. Eles provavelmente terão mais pessoas ao seu redor do que os mais tranquilos.

6. Não faça suposições

Às vezes, as empresas presumem que o comprador as conhece, sua localização, como obter os produtos ou serviços que elas podem entregar. Destaque todas essas coisas importantes.

Descubra como é fácil para os seus clientes encontrarem o seu produto online. Forneça detalhes de contato claros.

7. Use os métodos de segmentação fornecidos on-line

Não há necessidade de exibir anúncios publicitários nos quais eles não têm interesse. O Facebook, por exemplo, refinou a segmentação, em que os usuários veem somente anúncios personalizados para o que um usuário específico pode ter interesse.

Por exemplo, no OLX, se quisermos mostrar os telefones celulares, as pessoas certas para conversar seriam entre 20 e 30 anos.

O Facebook permite que você direcione seu público de maneiras versáteis, como idade, localização, interesses e proximidade com você.

8. Mantenha o controle

Quando você anuncia on-line, pode avaliar com facilidade se sua campanha de publicidade está funcionando para você ou não. É muito fácil rastrear, para que você possa calcular seu retorno do investimento.

Você pode informar o número de pessoas que clicaram em seu anúncio, visitaram seu site e, se você tiver um formulário on-line, poderá informar o número de pessoas que o preencheram.

Isso é diferente de qualquer outra mídia em que você não saiba com facilidade se as pessoas vieram até você depois de ver uma televisão ou um anúncio impresso. É muito fácil atribuir o sucesso de uma campanha a um determinado anúncio on-line. O Facebook oferece as ferramentas para ver o que está acontecendo.

Existe um relatório para todas as campanhas digitais.

9. O tempo é tudo

A maioria dos produtos tem épocas em que a demanda aumenta. Assista as tendências. Você pode anunciar um ótimo produto, mas na hora errada, quando poucas pessoas estariam interessadas.

Por exemplo, se você é um agente imobiliário, saberia que as pessoas tendem a procurar casas no final do mês, de modo que seria o melhor momento para conversar com as pessoas.

10. Onde você está?

A publicidade para grandes corporações funciona de maneira diferente da das pequenas empresas. Mesmo no OLX, as grandes empresas usam banners idealmente, enquanto empresas menores ou indivíduos anunciam cada produto.

Descubra o que funciona melhor para o seu negócio específico com base no que você tem a oferecer, no seu orçamento e no valor que você ganha ao usar um determinado modo de publicidade.

Para mais informações Clique no link a baixo

Como vender produtos online na OLX

Como importar dos Estados Unidos Passo a Passo

O processo de importação no Brasil para quem não conhece o passo a passo é longo e complexo. Entender os desafios administrativos e escolher os parceiros certos é crucial para gerenciar o processo e evitar que os bens sejam tarifados na alfândega.

 

1º Passo

Redirecionador de IP

 

Primeiro você precisa usar um mascarador de IP. Alguns sites americanos quando acessados do Brasil abrem a página com os preços praticados aqui. Para você aproveitar as ofertas em dólar será necessário usar um mascarador de IP que nada mais que altera a localização do seu computador na rede.

2º Passo

Redirecionadores de Encomendas

 

Muitas das lojas Americanas não entregam diretamente no Brasil. Para você receber suas encomendas será necessário usar um serviço de redirecionamento de encomendas. Existem vários mas um dos mais conhecidos é a Shipito. Funciona da seguinte forma: você compra no site americano e em vez de colocar o endereço do Brasil você insere o endereço disponibilizado pela prestadora do serviço. Esse endereço americano é um armazém para onde suas encomendas são redirecionadas e podem usar o mesmo pacote economizando a frete para sua residência.

importar dos estados unidos
Para saber mais Clique na Imagem

 

3º Passo

Fornecedores

 

Conheça os melhores sites para importar. Isso depende do tipo de produto que você quer importar dos Estados Unidos.

Roupas: Hollister.com, Aeropostale, Adidas etc

Eletrônicos: Amazon, Game Stop, Best Buy, Apple

Relógios: Wolrd of Watches, Amazon  etc…

 

 

 

4º Passo

Formas de Pagamento

 

Você pode escolher pagar com PayPal ou Cartão de Crédito Internacional. Mas não se preocupe você não irá precisar abrir uma conta em banco ou coisa assim. Você pode optar por várias opções de cartão de Crédito Internacional pré pago no qual você recarrega e usa para fazer suas compras Internacionais. E embora você esteja com nome negativado no SPC você consegue fazer o fazer a aquisição mesmo assim.

Pay Pal

Esse serviço de pagamento online é muito seguro e usado no mundo inteiro. Com ele você faz pagamento em qualquer compra online. Basta fazer uma conta no serviço, adicionar seus cartões de crédito ou algum valor na sua Conta PayPal e pronto.

Para Aprender Como Importar Clique Aqui.

 

5º Passo

Frete

 

Escolher o frete irá influenciar o preço final no valor da sua compra. Antes de fechar a negociação faça uma simulação do valor final.

As modalidades mais usadas são?

Frete Courier: Essa modalidade é especialista em entregas rápidas mas são muito mais caras do que o normal.

Frete comum: Os valores são menores do que o frete courier mas demoram mais para serem entregues.

Taxas de Importação

 

Compras com valores de US$ 50,00 são isentos de impostos

Compras acima de US$ 50,00 até US$ 500,00 sofrem com 60% de imposto.

Compras acima de US$ 3000,00 precisam de Declaração de Importação e Despacho de aduaneiro.

 

Quais os Produtos mais importados?

 

Roupas de marca

Eletrônicos, Smartphones

Suplementos

Perfumes

Relógios de Marca

 

E então o que você achou dessas Dicas? Se interessou sobre Importação? Deixe sua opinião abaixo.